Close
Metadata

%0 Thesis
%4 sid.inpe.br/jeferson/2003/08.20.15.04
%2 sid.inpe.br/jeferson/2003/08.20.15.04.36
%A Silva, Ronaldo Oliveira da,
%T Composição química, evolução e cinemática de estrelas do tipo solar
%D 2002
%E Jablonski, Francisco José (presidente),
%E Milone, André de Castro (orientador),
%E Mello, Gustavo Frederico Porto de (orientador),
%E Barbuy, Beatriz Leonor Silveira,
%E Souza, Bruno Vaz Castilho de,
%8 2002-12-11
%J Chemical composition, evolution and cinematic of solar-type stars.
%I Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
%C São José dos Campos
%K estrelas, tipo solar, composição química, Via Láctea, evolução química, análise espectroscópica, síntese espectral, stars, solar type, chemical, composition, Milky Way Galaxy, chemical evolution, spectroscopic analysis, synthesis.
%X A composição química das estrelas de tipo solar é um diagnóstico extremamente valioso da evolução química do disco da Galáxia. Existe alguma evidência de que tal evolução tem sido heterogênea no espaço e ao longo do tempo e que a composição química do Sol pode não ser um padrão representativo de abundâncias. Neste trabalho, foram obtidas as abundâncias dos elementos químicos C, N, Na, Mg, Si, Ca, Sc, Ti, V, Cr, Mn, Fe, Co, Ni, Cu, Zn, Sr, Y, Zr, Ba, La, Ce, Nd e Sm em uma amostra de estrelas de tipo solar na vizinhança solar (distância £ 25 pc). A técnica empregada foi a análise espectroscópica diferencial em relação ao Sol, baseando-se em dados de alta resolução (R ~ 46.000) e alta razão sinal/ruído (S/R > 300), obtidos com o espectrógrafo échelle de bancada do telescópio de 1,5 m do CTIO. Adicionalmente, abundâncias de C e N foram obtidas através de síntese de bandas moleculares dos Sistemas Eletrônicos Swan do C2 e Vermelho do CN utilizando-se um programa de síntese espectral. Os parâmetros atmosféricos foram estabelecidos usando cores fotométricas, o equilíbrio de excitação e ionização de linhas do Fe e a análise da temperatura e da luminosidade estelares no diagrama HR. Os resultados de abundâncias químicas aqui obtidos proporcionam uma melhor compreensão da relação das abundâncias conhecidas para o Sol com a das estrelas anãs de tipo G da população local, uma vez que as razões de abundâncias de diversos elementos (em relação ao ferro) obtidas para estrelas de metalicidade semelhante à solar diferem daquelas obtidas para o Sol. Tais resultados também contribuem para um melhor entendimento do processo de evolução química da vizinhança solar e do enriquecimento nucleossintético do disco galáctico. ABSTRACT: The chemical composition of the long-lived solar-type stars is an extremely valuable diagnostic of the chemical evolution of the Galactic disc. There is some evidence that such evolution has been heterogeneous both in time and space, and that the Sun might not be a typical star in what concerns its abundance pattern. In this work, we have determined the abundances of the elements C, N, Na, Mg, Si, Ca, Sc, Ti, V, Cr, Mn, Fe, Co, Ni, Cu, Zn, Sr, Y, Zr, Ba, La, Ce, Nd and Sm, in a sample of solar-type stars in the solar neighborhood (distance £ 25 pc). The technique was the differential spectroscopic analysis, relative to the Sun, based on high resolution (R ~ 46,000) and high sign-to-noise ratio (S/N > 300) data obtained with the bench-mounted échelle spectrograph of the 1.5 m telescope of CTIO. In addition, abundances of C and N were obtained based on molecular bands of the Swan and Red Electronic Systems using a spectral synthesis code. The atmospheric parameters were established using photometric colors, the excitation and ionization equilibria of the Fe lines and the analysis of the stellar temperature and luminosity in the HR diagram. The results of chemical abundances obtained here contribute to a better understanding of the relation of the abundances known for the Sun with that of the local population of G-type dwarf stars, since the abundances of many elements (relative to iron) obtained for solar metalicity stars are different from that of the Sun. Such results also contribute to a better understanding of the chemical evolution in the solar neighborhood and of the nucleosynthetic enrichment of the galactic disk.
%P 129
%@language pt
%9 Dissertação (Mestrado em Astrofísica)
%3 publicacao.pdf


Close