Fechar
Metadados

%0 Conference Proceedings
%4 sid.inpe.br/mtc-m16@80/2006/05.04.13.24
%2 sid.inpe.br/mtc-m16@80/2006/05.04.13.24.43
%F self-archiving-INPE-MCTIC-GOV-BR
%A Pires, Claudia Souza,
%A Ribeiro, Manuel Francisco,
%A Silva, Marcos Dias da,
%@affiliation Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, Laboratório Associado de Sensores e Materiais (INPE.LAS)
%@affiliation Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, Laboratório Associado de Sensores e Materiais (INPE.LAS)
%@affiliation Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, Laboratório Associado de Sensores e Materiais (INPE.LAS)
%T Sistema compacto para monitoramento "in vivo" e "in situ" da fotossíntese. (consumo de CO2 e evolução de O2)
%B Seminário de Iniciação Científica do INPE (SICINPE).
%D 2001
%8 7-9 ago.
%C São José dos Campos
%K FÍSICA DE MATERIAIS, Fotossíntese, Espectroscopia no infravermelho, Palmito, Bambu, MATERIALS PHYSICS, Photosynthesis, Infrared spectroscopy, Palm, Bamboo.
%X A partir do estudo da atividade fotossintética, em resposta à absorção de nutrientes e poluentes, intensidade luminosa e condições do ar e temperatura, que novas variedades, fertilizantes e pesticidas são avaliados. O Laboratório de Sensores Ambientais (LSA) do CTE-INPE vem desenvolvendo um sistema compacto para monitoramento da fotossíntese "in vivo "in situ" (consumo de CO2 e evolução do O2). O consumo de CO2 é monitorado por espectroscopia no infravermelho (4,26um) de maneira convencional. A evolução de O2 é monitorada por técnica fotoacústica. Esta metodologia consiste na utilização da própria câmara acústica frontal de um microfone de eletreto como câmara fotoacústica. O microfone é acoplado diretamente à folha vegetal em estudo e a fotossíntese é excitada através de luz modulada; dessa forma são produzidos pulsos de O2 para o interior da câmara, gerando um sinal acústico proporcional a quantidade de O2 evoluída. Esta medida é feita simultaneamente com a absorção de CO2, baseada na espectroscopia no infravermelho. Este trabalho consistiu em testes com amostras de palmito e bambu para para comparar o desempenho entre a eletrônica dedicada ao sistema, que está sendo desenvolvida no LSA, e a eletrônica comercial disponível. Os testes indicam que a sensibilidade da eletrônica desenvolvida é compatível com a obtida utilizando-se equipamentos comerciais.
%P 9
%O Bolsa PIBIC/INPE/CNPq
%@language pt
%3 13705.pdf


Fechar