Fechar
Metadados

Tipo da ReferênciaConference Proceedings
Identificador6qtX3pFwXQZGivnJVY/LNLoV
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m16@80/2006/07.19.22.15
Metadadossid.inpe.br/mtc-m16@80/2006/07.19.22.15.44
Sitemtc-m16.sid.inpe.br
Rótuloself-archiving-INPE-MCTIC-GOV-BR
Chave SecundáriaINPE--PRE/
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoRiffel:2001:VaImCa
AutorRiffel, Rogemar A.
GrupoRSU-INPE-MCT-BR
AfiliaçãoUFSM - PIBIC/CNPq - CEA/RSU/INPE
TítuloVariações Impulsivas no Campo Geomagnético observando no Observatório Espacial do Sul
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica do INPE, 7 (SICINPE).
Ano2001
Título do LivroAnais
Data07-08 agosto 2001
ResumoA Terra possui um campo de forças, chamado Campo Geomagnético circundando o Planeta. Esse campo de forças pode ser dividido em um campo principal, que corresponde à cerca de 99% do seu total e é gerado supostamente através de correntes elétricas que fluem na parte líquida do Núcleo Terrestre, e vários outros, produzidos por correntes elétricas presentes nas regiões ionizadas vizinhas ao Planeta. O Campo Geomagnético não é estável, apresentando variações temporais e espaciais com amplitudes inferiores à do campo magnético gerado no núcleo, em várias ordens de grandeza. As micropulsações geomagnéticas são um tipo de variações do Campo Geomagnético. Em 1958, Associação Internacional de Geomagnetismo e Aeronomia ( IAGA), propôs uma classificação baseada nas características morfológicas das micropulsações. Esta classificação divide as micropulsações em duas classes distintas: pulsações regulares ou contínuas e pulsações irregulares designadas por Pc e Pi respectivamente. As Pc são pulsações cujas as amplitudes são estáveis ou flutuam regularmente, enquanto que as Pi não mantém qualquer regularidade. Dentro de cada grupo, as micropulsações são classificadas de acordo com o período ou freqüência. O Centro Regional Sul de Pesquisas Espaciais - CRSPE/INPE - MCT, juntamente com a Universidade Federal de Santa Maria - UFSM e a Universidade de Kyushu - Fukuoka - Japão, desenvolveu um programa de colaboração científica conduzindo medidas contínuas da variação nas componentes H, D e Z do Campo Geomagnético na grande região de Santa Maria [29.72 S, 53.72 O], mais exatamente no Observatório Espacial do Sul - OES/CRSPE/INPE - MCT, em São Martinho da Serra - RS [29.44 S, 53.82 O]. Os dados observados são obtidos utilizando-se magnetômetros do tipo: fluxgate, precessão de prótons e de indução.
Páginas36
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Idiomapt
Tipo SecundárioPRE CN
Tipo TerciárioSessão Oral
FormatoPapel
AreaCEA
Última Atualização dos Metadados2020:02.11.13.55.55 sid.inpe.br/banon/2003/08.15.17.40 simone {D 2001}
Estágio do Documentoconcluido
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriosadministrator seeger05 simone
Grupo de Leitoresadministrator simone
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/banon/2003/08.15.17.40
Tipo do ConteudoExternal Contribution
Estágio do Documentonot transferred
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3EUFCFP
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreementnão têm arquivos
Histórico2006-07-19 22:36:08 :: seeger05 -> administrator ::
2018-06-05 01:21:38 :: administrator -> seeger05 :: 2001
2020-02-11 13:55:35 :: seeger05 -> simone :: 2001
Campos Vaziosaccessionnumber archivingpolicy archivist callnumber conferencelocation copyholder copyright creatorhistory descriptionlevel dissemination doi e-mailaddress edition editor electronicmailaddress isbn issn keywords lineage mark mirrorrepository nextedition numberoffiles numberofvolumes orcid organization parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project publisher publisheraddress readpermission resumeid rightsholder secondarydate secondarymark serieseditor session shorttitle size sponsor subject targetfile tertiarymark type url versiontype volume
Data de Acesso28 fev. 2020
atualizar 

Fechar