<?xml version="1.0" encoding="ISO-8859-1"?>
<metadatalist>
	<metadata ReferenceType="Conference Proceedings">
		<identifier>6qtX3pFwXQZGivnJVY/LNLBq</identifier>
		<repository>sid.inpe.br/mtc-m16@80/2006/07.19.22.26</repository>
		<metadatarepository>sid.inpe.br/mtc-m16@80/2006/07.19.22.26.45</metadatarepository>
		<site>mtc-m16.sid.inpe.br 800</site>
		<label>self-archiving-INPE-MCTIC-GOV-BR</label>
		<secondarykey>INPE--PRE/</secondarykey>
		<holdercode>{isadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S}</holdercode>
		<citationkey>StaudtBuchTrivSchu:2001:EsPuCo</citationkey>
		<author>Staudt, Ederson,</author>
		<author>Buchner, Silvio,</author>
		<author>Trivedi, Nalin B.,</author>
		<author>Schuch, Nelson Jorge,</author>
		<group></group>
		<group></group>
		<group>RSU-INPE-MCT-BR</group>
		<group>RSU-INPE-MCT-BR</group>
		<affiliation>Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)</affiliation>
		<affiliation>Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)</affiliation>
		<affiliation>Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)</affiliation>
		<affiliation>Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)</affiliation>
		<title>Estudo de Pulsações Contínuas e Transientes no Campo Geomagnético na Grande Região da Anomalia Magnética do Hemisfério Sul</title>
		<conferencename>Seminário de Iniciação Científica do INPE, 7 (SICINPE).</conferencename>
		<year>2001</year>
		<booktitle>Anais</booktitle>
		<date>07-08 agosto 2001</date>
		<conferencelocation>São Jose dos Campos</conferencelocation>
		<abstract>Basicamente, as variações no Campo Geomagnético são de dois tipos: de longo período, cuja causa principal é interna, e de período mais curto, causadas principalmente pela modulação da atividade solar. Podem citar-se a variação secular e a inversão do dipolo magnético como variações de origem interna. No caso das variações de origem solar, estas se devem principalmente a variações na intensidade de radiação e do vento solar, caracterizando uma tempestade solar. Quando esta radiação e partículas alcançam a Terra, ocorrem os fenômenos de distúrbios ionosféricos súbitos, tempestades ionosféricas e tempestades magnéticas. As micropulsações são flutuações de curto período (da ordem de minutos a segundos) do Campo Magnético Terrestre. As amplitudes destas típicas flutuações são menores do que uma parte em 104 do campo principal e tem efeito transitório. A faixa de período na qual se considera as micropulsações está entre 0,2 e 7 minutos, com amplitudes de frações até centenas de nono teslas (nT). As micropulsações observadas no solo e na Magnetosfera Terrestre devem-se a manifestações de ondas de plasma  de freqüência ultra baixa (ULF) na magnetosfera. Em geral é aceito que as micropulsações magnéticas são provocadas pela manifestação de ondas hidromagnéticas geradas por vários processos físicos. A interação do vento solar com o campo magnético da Terra é o principal processo de geração das micropulsações observadas em toda magnetosfera, ionosfera e na superfície terrestre. As micropulsações são geralmente observadas em estações terrestres e com instrumentos a bordo de satélites. Além das descrições que afetam as micropulsações, há também a necessidade de se identificar suas fontes geradoras. A geração de micropulsações dentro da magnetosfera por ondas magnetohidrodinâmicas (MHD) é relevante, uma vez que as micropulsações podem estar associadas a ondas geradas numa determinada região e inter-relacionadas a processos físicos correlacionados à interação Terra - Sol. Para monitorar o comportamento das variações no Campo Geomagnético na região da Grande Anomalia do Atlântico Sul, fez-se uso de dados coletados pela estação geomagnética instalada no Observatório Espacial do Sul do Centro Regional Sul de Pesquisas Espaciais - OES/CRSPE/INPE - MCT.</abstract>
		<pages>47</pages>
		<notes>Bolsa PIBIC/INPE/CNPq</notes>
		<language>pt</language>
		<secondarytype>PRE CN</secondarytype>
		<format>Papel</format>
		<area>CEA</area>
		<size>93 KiB</size>
		<numberoffiles>1</numberoffiles>
		<targetfile>Staudt_estudo.pdf</targetfile>
		<lastupdate>2020:09.06.18.43.53 sid.inpe.br/banon/2003/08.15.17.40 simone</lastupdate>
		<metadatalastupdate>2020:09.06.18.43.54 sid.inpe.br/banon/2003/08.15.17.40 simone {D 2001}</metadatalastupdate>
		<username>simone</username>
		<usergroup>administrator</usergroup>
		<usergroup>seeger05</usergroup>
		<usergroup>simone</usergroup>
		<readergroup>administrator</readergroup>
		<readergroup>simone</readergroup>
		<visibility>shown</visibility>
		<transferableflag>1</transferableflag>
		<hostcollection>sid.inpe.br/banon/2003/08.15.17.40</hostcollection>
		<contenttype>External Contribution</contenttype>
		<documentstage>not transferred</documentstage>
		<nexthigherunit>8JMKD3MGPCW/3EUFCFP</nexthigherunit>
		<lasthostcollection>sid.inpe.br/banon/2003/08.15.17.40</lasthostcollection>
		<url>http://mtc-m16.sid.inpe.br/rep-/sid.inpe.br/mtc-m16@80/2006/07.19.22.26</url>
	</metadata>
</metadatalist>