Fechar
Metadados

@TechReport{SousaJrSausLacr:2010:MoEsRe,
               author = "Sousa Junior, Manoel de Araujo and Sausen, Tania Maria and Lacruz, 
                         Maria Silvia Pardi",
                title = "Monitoramento de estiagem na Regi{\~a}o Sul do Brasil utilizando 
                         dados EVI/MODIS no per{\'{\i}}odo de dezembro de 2000 a junho de 
                         2009",
          institution = "Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais",
                 year = "2010",
                 type = "RPQ",
               number = "INPE-16700-RPQ/852",
              address = "S{\~a}o Jos{\'e} dos Campos",
             keywords = "monitoramento de estiagem, imagens EVI/MODIS, regi{\~a}o Sul do 
                         Brasil.",
             abstract = "As secas ocorrem em quase todos os pa{\'{\i}}ses, embora variem 
                         significativamente de uma regi{\~a}o para outra. S{\~a}o uma 
                         defici{\^e}ncia de precipita{\c{c}}{\~a}o durante um 
                         per{\'{\i}}odo prolongado de tempo que resulta em escassez de 
                         {\'a}gua para algumas atividades, grupo ou setor ambiental. As 
                         estiagens se caracterizam por serem menos intensas que as secas e 
                         por ocorrerem em per{\'{\i}}odos de tempo menores. Por{\'e}m, 
                         como ocorrem com relativa freq{\"u}{\^e}ncia, em {\'a}reas mais 
                         produtivas e de maior import{\^a}ncia econ{\^o}mica do que as 
                         {\'a}reas de secas, ela produz reflexos sobre o agroneg{\'o}cio, 
                         comprometendo o abastecimento, a produ{\c{c}}{\~a}o de alimentos 
                         e a economia regional. A regi{\~a}o Sul do Brasil tem enfrentado 
                         per{\'{\i}}odos de estiagens na {\'u}ltima d{\'e}cada, com 
                         intensidade e freq{\"u}{\^e}ncia acima do normal, afetando de 
                         forma decisiva a sua economia. A quantifica{\c{c}}{\~a}o das 
                         {\'a}reas afetadas pela estiagem {\'e} um grande desafio, devido 
                         {\`a} falta de informa{\c{c}}{\~a}o mais detalhada e 
                         cont{\'{\i}}nua. As imagens EVI (Enhanced Vegetation Index - 
                         {\'{\I}}ndice de Vegeta{\c{c}}{\~a}o Melhorado) do sensor 
                         MODIS (Moderate Resolution Imaging Spectroradiometer), que 
                         est{\~a}o a bordo dos sat{\'e}lites AQUA e TERRA, por suas 
                         caracter{\'{\i}}sticas, podem ser utilizadas para este tipo de 
                         estudos uma vez que permitem identificar as varia{\c{c}}{\~o}es 
                         no verdor da vegeta{\c{c}}{\~a}o (estado de sanidade) causadas 
                         por eventos clim{\'a}ticos, como a estiagem. Este trabalho tem 
                         como objetivo principal propor uma metodologia para monitorar a 
                         ocorr{\^e}ncia de estiagem na regi{\~a}o Sul do Brasil 
                         utilizando imagens {\'{\i}}ndice de vegeta{\c{c}}{\~a}o 
                         melhorado - EVI/MODIS. Para tal foram utilizadas um total de 392 
                         imagens e gerados 196 mosaicos cobrindo o per{\'{\i}}odo de 
                         dezembro de 2000 a junho de 2009, considerando as quatro 
                         esta{\c{c}}{\~o}es do ano. As imagens de anomalias de 
                         vegeta{\c{c}}{\~a}o foram calculadas por meio do c{\'a}lculo do 
                         {\'{\i}}ndice de vegeta{\c{c}}{\~a}o padronizado para cada 
                         esta{\c{c}}{\~a}o do ano para o per{\'{\i}}odo de dezembro de 
                         200 a junho de 2009. Os resultados alcan{\c{c}}ados demonstraram 
                         que a metodologia utilizada e as imagens EVI/MODIS s{\~a}o 
                         {\'u}teis para a caracteriza{\c{c}}{\~a}o e o monitoramento de 
                         {\'a}reas de anomalias negativas de vegeta{\c{c}}{\~a}o, 
                         indicativas de estiagem. O ver{\~a}o de 2005 e o de 2009 foram os 
                         per{\'{\i}}odos que apresentaram as maiores extens{\~o}es de 
                         {\'a}reas de anomalias negativas de vegeta{\c{c}}{\~a}o 
                         coincidindo com os dois grandes per{\'{\i}}odos de estiagem que 
                         ocorreram na regi{\~a}o Sul do Brasil. Os estados do Paran{\'a} 
                         e Rio Grande do Sul foram os mais afetados pela estiagem no 
                         per{\'{\i}}odo analisado.",
          affiliation = "{Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais} and {Instituto 
                         Nacional de Pesquisas Espaciais} and {Instituto Nacional de 
                         Pesquisas Espaciais}",
           copyholder = "SID/SCD",
             language = "pt",
                pages = "134",
                  ibi = "8JMKD3MGP7W/37ES3UP",
                  url = "http://urlib.net/rep/8JMKD3MGP7W/37ES3UP",
           targetfile = "publicacao.pdf",
        urlaccessdate = "05 abr. 2020"
}


Fechar